Acompanhamento de

Gestação

Pré-natal no 3º trimestre

O pré-natal é uma parte importante de uma gravidez saudável. Seu médico(a) irá continuar a monitorizar a sua pressão arterial e peso, bem como batimentos cardíacos do bebê e seus movimentos, pode pedir-lhe para manter o controle de quantas vezes você sente o bebê mexer, e para alertar a equipe médica se o bebê diminuir a movimentação de costume.

Você pode ter muitas perguntas: Há algum problema em ter relações sexuais? Como vou saber quando estou em trabalho de parto? Qual é a melhor maneira de controlar a dor? Pergunte tudo! Estar segura com seus questionamentos pode ajudar a acalmar os nervos antes do esperado dia.

Todas mulheres grávidas devem ser pesquisadas para presença do estreptococo do grupo B (SGB) durante o terceiro trimestre. O SGB é uma bactéria comum, que normalmente é inofensivo em adultos, mas os bebês que forem infectados por ela podem adoecer gravemente. A pesquisa é realizada através de coleta vaginal e da região anal, e caso seja positiva, seu médico fará o acompanhamento e tratamento adequado, durante o pré-natal e parto.

Com o aproximar da data do parto, o seu pré-natal podem incluir exames de toque. Estes exames servem para: 

  • verificar a posição do bebê - se o bebê estiver posicionado de cabeça, está na melhor posição para o nascimento. Se  estiver sentado ou em outra posição anômala, você pode precisar de um parto mais cuidadoso ou até uma cesariana.
  • Detectar alterações do colo do utero - o colo do útero vai começar a amolecer, dilatar e afinar (apagar). O progresso é normalmente expresso em centímetros e porcentagens. Para o nascimento do bebê, o colo do útero vai estar com 10 centímetros de dilatação e 100% apagado. Você pode evoluir aos poucos (1 a 3 centímetros por semana), ou você pode entrar em trabalho de parto sem dilatação.